Sobre a Ouvidoria

A União Social Camiliana tem na sua Política Institucional o Instituto da Ouvidoria como a construção de uma nova cultura de comunicação e relacionamento permanentes com a comunidade camiliana. Com base na acolhida e na escuta atenta das manifestações dos usuários e colaboradores, a ouvidoria atua na mediação, na solução e prevenção de conflitos e problemas recorrentes. A avalição sistemática dos indicadores quantitativos e qualitativos permite identificar pontos frágeis e críticos dos processos institucionais. São ocorrências passíveis de ações correcionais e de deliberações em função da avalição diagnóstica da Ouvidoria. Cabe às atribuições desta instância a elaboração de recomendações apresentadas a Presidência, Mantenedora e Reitorias da Organização visando contribuir para o aperfeiçoamento das práticas positivas e dos aspectos problemáticos que necessitam ser detalhados e reavaliados. Objetiva-se a melhoria na prestação de serviços e o fomento de referências humanistas nas relações institucionais. Como um termômetro, as reclamações, críticas e sugestões detectam particularidades do “clima” organizacional para atuar na prevenção de conflitos. Como ferramenta coletiva, a ouvidoria favorece o diálogo consensual e transparente. Como canal pró-ativo, busca a melhor solução para os problemas que envolvam as pessoas e as tratativas institucionais, primando pelo respeito e pela qualidade de vida de todos. Quem critica se dispõe a mudar e colaborar para mudanças necessárias.

O critério principal da Ouvidoria é o humanismo e a valorização plena da Universidade e de seus colaboradores.